Os canais de Youtube do crime

Grandes esquemas de lavagem de dinheiro são representados em obras de Hollywood.

Uma das grandes referencias das series de tv quando se trata de esquemas criminosos, é claramente breaking bad utilizando um restaurante chamado Los Pollos Hermanos de faixada para o tráfico de metanfetamina. Mas… sinto lhe dizer que isso não acontece só nas grandes telas.

Permita-me lhe apresentar um dos maiores esquemas disfarçados que esse mundo já viu.
Permita-me lhe apresentar as produtoras brasileiras de funk que ganham dinheiro no Youtube.

A Nossa cultura musical é muito diversa, temos muitos estilos característicos e que são conhecidos pelo mundo inteiro, como o samba, forró, sertanejo, mpb, ou então……… o rock doido do Pará.

Mas, como sempre temos um que se destaca mais, o “funk”, principalmente pela alta quantidade de áreas periféricas representadas e letras que remetem as vivências dentro de uma favela, o desejo de conquista e luxo, sendo diversificado em vários estilos para cada estado, havendo o funk paulista e carioca. (MTG ou” montagem”, Remix, Ostentação, entre outros).

GR6 Explode YouTube channel.

O funk veio com inspirações dos clássicos norte americanos, vindo para o Brasil na década de 70, havendo influência no bass e freestyle, e conforme o tempo passou, muitas outras influências surgiram para criar as batidas características do funk brasileiro, mas… esse estilo musical esconde muito mais do que apenas estas curiosidades, assim como o restaurante de fachada, a apresentação do funk em si é muito atrativa, mas ainda há situações complexas por trás de suas músicas, letras e vídeo clipes, números e números de seguidores que se mantém com o conteúdo proposto por grandes marcas e produtoras de músicas.

Em meio a tanta cultura ainda se tem um MUNDO criminal INTEIRO… Por debaixo dos panos, atualmente circulam notícias de produtoras de funk possuindo algum vínculo com o tráfico e a lavagem de dinheiro, sendo feitos em empresas “laranjas” ou por vendas sem qualquer tipo de documentação ou registro oficial.

Recentemente a polícia federal anda investigando um esquema de lavagem de dinheiro e tráfico de drogas realizado por ninguém menos que o próprio PCC…

No funk sempre houve o preconceito da sociedade em vincular a imagem dos cantores como pessoas de má índole, por ser algo originário da periferia, onde se há muitos casos de tráfico de drogas e gangues e quadrilhas de assalto.

Conforme o tempo foi passando e o funk foi surgindo mais ainda como um meio de se popularizar e ganhar dinheiro, muitas pessoas procuraram esse caminho para chegar na fama… Mas nem sempre foi um mar de rosas.

Atualmente o Youtube por pagar por views ‘e uma boa opcao para quem quer se tornar famoso e ganhar dinheiro online.

Muitos cantores ou mais conhecidos com o vulgo de Mc, já faziam parte de algumas facções conhecidas pela população e utilizavam dessa vida para compor suas letras e esbanjar dinheiro em vídeo clipes, onde isso mostrava retorno para muitas gravadoras que eram procuradas para receber esses cantores, mas…

Hoje falaremos de duas produtoras famosas do funk que tem seus nomes notáveis no Ranking de maiores canais brasileiros, a GR6 Eventos e a Love Funk. Nos últimos anos essas produtoras foram alvos de investigações feitas pela polícia federal brasileira por suspeita de lavagem de dinheiro, que por mais bobo que pareça isso era divulgado nas redes sociais como uma “venda” padrão de empresa e era discutido pelos envolvidos como se fossem conversas casuais.

Mas Em algum momento a ‘casa’ iria cair…

Perfume de bandido: 304 mil views em um dia.

O que seria essa lavagem de dinheiro?

Lavagem de dinheiro ‘e uma forma de legitimar a origem do dinheiro para que possa ser depositada em contas em bancos como transacoes com origem licita.

No caso das produtoras de funk, o trafego paga com dinheiro em especie (provavelmente do crime) aluguel de carros e motos, aluguel e compra de equipamento de video e edicao de alta tecnologia, roupas e cenario para filmagem desses clipes.

Tudo isso se chama de custo de producao. Igual em super producoes de Hollywood. Entre cenario, equipe, aluguel de carros e hospedagem onde o clipe vai ser gravado. Tudo isso tem um custo.

No final com a musica e o clipe produzido, isso ‘e colocado no Youtube que paga por vizualizacoes. Esse pagamento ‘e licito, feito de empresa para empresa. No caso o Youtube, para a conta das produtoras de funk.

E o crime recebe de volta, o dinheiro investido de forma legal.

Wesley Alemao da Love Funk, 5 milhões de views em duas semanas.
Wesley Alemao da Love Funk, 5 milhões de views em duas semanas.

O ano era 2021:

Uma conversa entre uns indivíduos não identificados foi ouvida por policiais dentro de uma padaria, onde ele dizia ter ganhado “fitas de progresso”, ou melhor, ter ganho muito dinheiro com o tráfico de drogas financiado pelas duas produtoras musicais, a GR6 e a Love Funk.

Mencionando os nomes dos sócios da produtora…

Rodrigo Inácio de Lima Oliveira, sócio da produtora GR6 Eventos, foi um dos primeiros a ser investigado. Divulga sua vida luxuosa fora do Brasil e mostra uma de suas mansões nos Estados Unidos, já havendo também uma investigação por “patrocinar” funkeiros com dinheiro do tráfico de drogas.

Henrique Alexandre Barros ou como conhecido por seu vulgo, “Rato”, possui diversas passagens criminais e é sócio da produtora Love Funk.

Os dois sócios possuem amizades com filiados do PCC, possuem algum tipo de vínculo com a facção por meio do dinheiro e do tráfico.

Tanto que existem algumas transações de grandes valores do PCC para a produtora da GR6, sendo R$150 mil reais de um dos líderes da facção na cidade de Santos, no litoral paulista, e R$ 2.4 mil reais de uma das enteadas de Marcola, também sendo líder máximo da facção paulistana.

Por que essas coisas acontecem?

Quando falamos de periferia, entramos num mundo onde existe a marginalização e a criminalidade sendo exposta diariamente na vida de adultos e crianças, criando um ambiente com muita violência e muita das vezes virando como um tipo de espelho para as crianças.

Dentro das favelas a vida é precária e quem entra nesse mundo acaba não saindo, já que ao entrar num ambiente de criminalidade e dinheiro “fácil” o indivíduo se expõe a uma situação perigosa, porém, o funk ajudou pessoas a saírem da pobreza e crescerem na carreira da música usando suas vivências como exemplos para criação das letras.

Carros luxuosos em frente a favela, vai entender.
Carros luxuosos em frente a favela, vai entender.

Da mesma forma em que é um caminho para ganhar um dinheiro honesto ainda abre portas para que o vangloriar do crime seja feito nas músicas, ou também, para criar contratos de patrocínios de alto valor.

Não é atoa que muitos famosos que esbanjam dinheiro e luxo podem estar com projetos ilícitos, utilizando da fama para conseguir uma moral maior num mundo onde é necessário a lavagem do dinheiro e a sonegação de impostos.

O YouTube se tornou uma terra sem lei, desde que não seja um conteúdo feito de forma explícita você pode ser monetizado.

Abrindo portas e janelas para homenagens a grandes traficantes, crimes cruéis e criação de grupos que acompanham e possuem admiração nesses atos, como consequência, ao dar visibilidade acaba trazendo pessoas leigas para este mundo.

Criando assim um ambiente propício para esconder grandes esquemas e dando espaço para pessoas com uma ficha criminal obscura…

Somos a capital social, até o próximo video